FELICIDADE - UMA MENSAGEM DE NATAL
por Lucilla- meridius@superig.com.br

""(...) ela, a felicidade, não está relacionada com riqueza. São situações cotidianas, atitudes simples e pequenos gestos que nos trazem felicidade, como uma conversa agradável, um abraço, sorriso ou um beijo, o trecho de um bom livro, uma música que nos toca, um final de tarde ensolarado. E o mais importante: ser feliz invariavelmente está ligado à presença de pessoas queridas em nossas vidas(...)" Grupos.com

Recebi hoje, de Grupos.com, este lindo excerto, em meio à sua mensagem natalina. É refletindo sobre os valores sugeridos neste assertiva que desenvolverei minha mensagem de final de ano a você, leitor, e aos amigos do site.

Porque, como dito acima, vocês compõe, no contexto da minha realidade, o conceito importante e verdadeiro da felicidade.

Situações cotidianas - como redigirmos e interagirmos, a partir disso, com este grupo especial de seres humanos, e crescendo como tal.

Atitudes simples - contemplar e cuidar das flores nas minhas jardineiras, repletas de risonhas petúnias; beijocar meus filhos; brincar com familiares; trocar piadas e mensagens valiosíssimas em conteúdo com os novos e velhos amigos virtuais; aprender - muito - com os mesmos...atitudes simples.

Pequenos gestos - como esplendidamente ilustrado no excerto acima, conversar com descontração nos fins de semana, ou nas festas de final de ano no ambiente do trabalho; ler um bom livro (como há bons livros!! É um prazer sempre renovado, sem fim, descortinando universos sobre universos! Através dos livros, descobrimos que a aventura humana é maravilhosa e infinita!); ouvir músicas: músicas zen para relaxar a ansiedade, músicas animadas para se dançar nos momentos de alegria, e para se fazer um pouco de catarse, realizando e cultivando, periodicamente, a necessária criança que ainda habita em nós; contemplar o esplendor da natureza, da janela da nossa casa ou de um sítio, ou nas praias, ou nas montanhas: a majestosa simplicidade na beleza sem par de um nascer do sol, ou das ondas quebrando nas areias - o seu rumor tranqüilizante e mágico - ou o simples soprar dos ventos nas árvores próximas, ou o gracioso vôo de um beija-flor nas cercanias...Pequenos gestos. Mas, quão grandes se tornam, do ponto de vista da felicidade!

Felicidade real, minha gente! Que se nutre de si própria, oferecida gratuitamente pelas leis da vida; colhemos à vontade, à qualquer hora, com a mesma facilidade com que encontramos uma flor, ou nos deliciamos com o sorriso inocente de um filho, ou nos instantes de reencontro com aqueles velhos e verdadeiros amigos, após anos de ausência...felicidade genuína - igualmente acessível a todo aquele que queira, sem distinção possível! Felicidade nas aparentes pequenas coisas que, no entanto, são as grandes, as que valem a vida; as que fazem valer a pena cada novo dia que nasce, com suas novas jornadas...

É este espírito que quero para todos vocês, que freqüentam este lindo site, proporcionando-nos a alegria impagável de troca de amor e de amizade: os inestimáveis tesouros da alma!

Para cada qual que nos lê, não apenas nos Natais vindouros e anos que se seguem - sempre, a cada dia de sua trajetória eterna: que floresçam como o lótus nas suas vidas as verdadeiras expressões da felicidade.

Com amor,
Lucilla e Caio Fábio Quinto
"Elysium"
http://www.elysium.com.br