O PLANO DIVINO PARA NOSSA GALÁXIA
por Reinaldo Mariano de Brito - reisol777@yahoo.com.br

A compreensão da Respiração Rítmica é essencial para entender como uma galáxia é formada e como ela acaba. A Respiração Rítmica é uma atividade natural da vida. Essa atividade consiste em quatro etapas básicas, a seguir:4)Pausa
1)Inspiração;
2)Pausa, também chamada absorção do ar;
3) Expiração,também chamada da expansão do ar
4)Pausa,também chamada projeção do ar

Nas etapas 1 e 2, ocorre a magnetização. Nas etapas 3 e 4 , tem lugar a radiação.
Na Expiração (etapa 3) o Sol Central primeiro expira os sóis e, então, esses sóis, por sua vez, criam seus planetas nas suas posições orbitais pré-determinadas.

Durante a pausa (etapa 4), a vida individual (aquela da humanidade, anjos e elementais) ganha a oportunidade desenvolver e cumprir o seu Plano Divino.

Depois que isso for realizado, ocorre a Inspiração. A inspiração acontece na ordem inversa da Expiração. Primeiro, cada sol magnetiza (atrai) seus planetas. Depois, o Sol Central absorve os sóis juntamente com os planetas.

A respiração a nível cósmico é, conseqüentemente, similar à respiração a nível físico. Agora mesmo, nossa respiração é um processo de só duas etapas. Nós inspiramos e expiramos. Originalmente, quando a humanidade chegou à Terra, o homem utilizava a respiração rítmica a qual inclui uma pausa entre cada respiração.

Deve-se enfatizar que quando os planetas são devolvidos à aura do Sol ou do Sol Central, os seres individualizados, tais como humanidade, continuam a existir. Eles ficam muito confortáveis. Não há necessidade de temer o Sol; ele é tão fresco e agradável quanto a brisa da montanha. Não é quente como pensam os cientistas. Somente quando as correntes de energia solar atravessam a faixa etérica da Terra é que elas manifestam calor. O Sol é o pólo eletrônico; a Terra é o pólo magnético. A faixa etérica é o elemento através do qual as correntes são diversificadas.

Existem milhões de Sóis no universo, todos com os seus planetas girando em volta deles, diferenciando-se em número e tamanho, porém todos seguindo o mesmo padrão de ritmo, de harmonia e de perfeição sempre expansivo.

A Formação de Nossa Galáxia

A formação de nossa Galáxia ocorreu na Expiração. A Expiração é dividida em duas partes. Durante a parte I, os sete Sóis tomam os seus lugares na Galáxia e, durante a parte II, os planetas de cada Sol tomam suas posições. Cada parte é subdividida em sete etapas individuais.
Parte I

As sete etapas da Expiração são executadas primeiramente pelo Sol Central. A cada etapa, um novo Sol é expirado. Isso é realizado numa ordem verticalmente descendente, até que todos os Sóis tenham atingido suas posições pré-designadas. Por exemplo, na etapa 1 o Sol No. 7 primeiro é expirado, na etapa 2, o Sol No. 7 desloca-se para a segunda posição e o Sol No. 6 desloca-se para a primeira posição. Essa seqüência é repetida até que, na ultima etapa, o Sol No. 7 está mais afastado do Sol Central.

Parte II

Agora, cabe aos Sóis individuais executarem a função da Expiração. Essa parte da Expiração é feita na ordem horizontal; é também executada em sete etapas. Desse modo a etapa 1, o primeiro Sol (em referência à distância do Sol Central) expira seu planeta No. 7; ao mesmo tempo o Sol No. 7 expira seu planeta No. 7, e os demais Sóis o fazem igualmente

Na etapa 2, o Sol No. 1 desloca seu planeta No. 7 para a segunda posição orbital (em referência à distância do Sol) e o planeta No. 6 para a primeira posição orbital. Simultaneamente, os demais seis Sóis executam a mesma operação do Sol No. 1.

Esse procedimento é seguido até que todos os quarenta e nove planetas tenham assumido suas posições orbitais finais. A Expiração esta, agora, concluída e começa a órbita em volta de cada sol.

A próxima etapa básica depois da Expiração é chamada Pausa. O propósito da Pausa é dar individualizações, a saber, a humanidade, elementais e anjos, e a oportunidade para expressão própria e desenvolvimento no planeta.

Aqui, outra vez, o número sete assume importância primordial. Para que esteja preparado para a encarnação, cada indivíduo tem que passar pelo aprendizado e ganhar experiência ao passar pelas sete esferas, aonde ele ganha conhecimento e maestria necessárias para viver num planeta. Conseqüentemente, a Humanidade é dividida em Sete Raças Raízes. Um indivíduo alcança a Ascensão quando ele atinge a maestria em energia e vibração.

O Fim de Nossa Galáxia

As sete etapas da Inspiração ocorrem em ordem contrária da Expiração. Como foi dito durante o último passo da Expiração, todos os planetas se deslocam para suas posições finais. Aqueles planetas que foram expirados por último serão os primeiros a se descolarem de volta para a aura dos seus respectivos Sóis. Ao mesmo tempo, as outras fileiras verticais de planetas também se deslocarão um passo mais perto dos sete Sóis.

O mesmo procedimento será seguido durante as seis etapas seguintes, até que todas as fileiras verticais de planetas tenham retornado aos seus Sóis; finalmente, os Sóis ascendendo verticalmente depois de completadas as sete etapas da inspiração do Sol Central retornarão ao cinturão eletrônico do Sol Central. Esse cinturão tem um tamanho imenso.

Após a conclusão da Inspiração, um conselho se reunirá e decidirá, outra vez por livre arbítrio, determinando se Sóis, tais como Hélios e Vesta, desejam se tornar Sóis Centrais, e planetas, tais como a Terra, desejam se tornar Sóis.

A descrição acima fala dos princípios fundamentais que governam o Plano Divino para nossa Galáxia. Uma vez que a Lei Cósmica é precisa, imparcial e uniforme na aplicação, pode-se assumir seguramente que os mesmos procedimentos se aplicam também às outras galáxias. Os Mestres da Sabedoria explicaram a formação das galáxias que foi antecessora da nossa galáxia. Os princípios usados para formação daquela galáxia foram exatamente idênticos aos que foram usados para a nossa galáxia e que serão descritos num próximo texto.

Texto baseado nos Ensinamentos da Hierarquia da Grande Fraternidade Branca

Muita proteção e luz a todos!!!

Seja um Bom Médium.
Grande abraço,
EU SOU O EU SOU
Namastê
OMSG
02/04/08
SOL777